Exposição Vida Animada

Pegando carona nas boas coisas que acontecem na cidade de São Paulo, a exposição Vida Animada é um mergulho na obra de Roy Lichtenstein, seminal artista da Pop Art. É uma mostra inédita no Brasil, de um criador do mesmo nível de Andy Warhol e está no Instituto Tomie Ohtake. A curadoria é de Lisa Phillips, diretora do New Museum of Contemporary Art, em Nova York.

Oportunidade única de conhecer a obra de um dos ícones da arte da década de 60, que discutia a cultura de massa e o universo imagético norte-americanos. São 78 trabalhos procedentes de coleções particulares, entre desenhos e colagens, que oferecem um panorama de mais de 35 anos da trajetória de Roy, e que também nos ajudam a desvendar algumas das engenhosas superfícies de suas telas. “O que me fascinou foi a revelação do processo de criação do artista nesta exposição”, afirma Bruno Assami, diretor de Assuntos Institucionais do Instituto Cultural Tomie Ohtake.

“A partir de imagens vulgares e banais, extraídas de cartuns, histórias em quadrinhos e anúncios publicitários, Lichtenstein demonstrou que as imagens veiculadas pelos canais de comunicação em massa são meticulosamente produzidas com a finalidade de esvaziar o pensamento, rebaixar a leitura e a escrita, transformar a fala numa forma de expressão repleta de gírias e balbucios sem sentido”, declara Agnaldo Farias, curador do Instituto Tomie Ohtake. Segundo o crítico ainda, com seu olhar raio-x, Lichtenstein reproduz friamente cenas do cotidiano e produtos de consumo, sublinhando o impacto dessas imagens nas nossas vidas e como graças a elas, nossos comportamentos, nossas emoções, nossos principais dramas são tão previsíveis quanto o roteiro de um desses dramalhões que os canais de tevê nos oferecem diariamente.

Vida Animada – Desenhos de Roy Lichtenstein
Até 20 de novembro de 2005, de terça a domingo, das 11h às 20h
Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés, 88) – Pinheiros – São Paulo – Brasil – Fone: 55. 11.2245.1900

← voltar às notícias