Designers

Jaime Prades

Nasceu em Madri, Espanha, em 1958. No ano de 1975 mudou-se para São Paulo, onde vive e trabalha até hoje. Autodidata, destacou-se na década de 1980 por seu trabalho com o grupo Tupinãodá nas ruas de São Paulo, Curitiba e Rio de Janeiro, entre outras. Em 1993 iniciou o projeto Arte Possível, visando a criação de peças em série criativas e acessíveis. Sua transição para o design começou na década de 1990, mas consolidou-se em 2002 e 03, na produção de louças para exportação, e de peças para a ArtBox. Com o grupo Tupinãodá, Jaime participou, dentre outras, de exposições: na Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, 1986; no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1989. Realizou exposições individuais, como: Museu de Arte de São Paulo, São Paulo, 1993; Centro Cultural São Paulo; São Paulo, 1994; Plaza Art Gallery , Tóquio, Japão, 1998. E participou de diversas exposições coletivas, como: 19ª e 20ª Bienal Internacional de São Paulo, São Paulo, 1987 e 89; 45° Salão de Arte do Paraná - Museu de Arte Contemporânea, Curitiba, Paraná, 1988; Laboratoire Evenements Urbains, Grenoble, França, 1990; Museu da Imagem e do Som, São Paulo, 1992; Galeria del Barco, Sevilha, Espanha, 2002. "Design é coletivizar a arte. Sou desenhista, pintor e escultor. E faço questão de trabalhar e reinventar os suportes tradicionais do desenho, da pintura e da escultura. Passo por um momento de renovação como artista, em que o design adquire maior importância."